15 ANOS DA UFRB

15 ANOS DA UFRB

A UFRB completa quinze anos de existência em meio a celebração de um projeto amplo, que tem produzido importantes resultados para a comunidade do Recôncavo da Bahia. Entretanto, as políticas de cortes de verbas promovidas pelos governos golpistas, e o cenário de crise sanitária e econômica colocam mais do que nunca a necessidade de uma defesa da UFRB.

Em pouco mais de uma década a UFRB conseguiu promover uma maior inserção da população jovem oriunda das camadas populares e a realização de diversos projetos de pesquisa e extensão com intensa participação de uma comunidade acadêmica qualificada, apesar das dificuldades nas condições de trabalho e de permanência.

Um ponto de contato entre a universidade e o povo, pelo menos no aumento da possibilidade de um maior acesso dos trabalhadores e trabalhadoras, em especial da população negra, que vivem no interior da Bahia ao ensino superior público. O que pese as grandes lacunas ainda existentes, como conteúdo dos currículos inadequados, a falta de vagas, de estrutura física e altos índices de evasão.

É importante destacar que a luta pela construção de uma universidade efetivamente comprometida e referenciada na população trabalhadora é algo fundamental e que, no projeto UFRB, somente é abordado de maneira tímida e bastante vago; por isso a necessidade de uma estatuinte.

Além disso, é importante destacar que o processo de implementação da UFRB está relacionado, sobretudo, com os êxitos e equívocos, enfim, às contradições do processo de expansão do ensino superior, o REUNI.

Considerando-se nosso primeiro decênio de existência, as formas de mobilização direta através das greves docentes (2012 e 2015) e dos servidores técnicos (2011 a 2015), bem como as mobilizações dos estudantes, particularmente a ocupação da reitoria em 2011, são expressões de intensa participação política que, de uma maneira ou de outra, ajudaram a construir a democracia na UFRB, curiosamente, são fatos históricos completamente silenciados nos festejos oficiais dos quinze anos da UFRB. Neste momento de quinze anos de UFRB, quando o nosso projeto encontra-se seriamente ameaçado pelos sucessivos contingenciamentos dos recursos, a alternativa fundamental para a defesa da universidade pública e de qualidade, um direito do povo do Recôncavo da Bahia.