agosto 14, 2017

NÃO SE CALE, DENUNCIE O ASSÉDIO MORAL!

NÃO SE CALE, DENUNCIE O ASSÉDIO MORAL!

O assédio moral é compreendido como o uso premeditado do poder contra pessoas ou grupo, que pode levar a prejuízos no desenvolvimento físico, mental, espiritual e moral. Segundo os estudiosos da área, essa forma de violência é identificada por um comportamento antiético, em que ocorre a degradação das relações humanas através de interlocuções não éticas e abusivas que se reptem constantemente.

Infelizmente, o ambiente universitário não está imune a esse tipo de violência, pelo contrário, pode ser caracterizado como sendo um lugar propício, já que é, notadamente, um ambiente marcado por hierarquias. Vale ressaltar que no setor público, como é o caso de nossa universidade, o assédio moral pode durar anos, pois as pessoas costumam ser protegidas pela própria organização.

Então, o que fazer diante de um problema tão grave? O primeiro passo é não se calar.  O/a trabalhador/a que sofre com esse tipo de violência deve procurar a ajuda de seu sindicato. No caso de nossa categoria, o ANDES-SN já disponibiliza uma cartilha (http://sindcefetmg.org.br//wp-content/uploads/2014/12/Cartilha-Assedio_moral.pdf) que orienta o/a docente. Os/as docentes da UFRB também contam com a APUR, podendo entrar em contato imediatamente pelo e-mail: apurjuridico@gmail.com ou pelo telefone: (75) 3621-4473.