agosto 2, 2019

BOLSONARO DESRESPEITA A ESCOLHA DA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA: REAGIREMOS NA CONSTRUÇÃO DE UMA AMPLA UNIDADE DEMOCRÁTICA EM DEFESA DA UFRB

O governo Bolsonaro (PSL) escolheu afrontar a escolha da comunidade da UFRB. De forma irresponsável, optou por favorecer a instabilidade política da instituição ao não nomear a candidata escolhida pela comunidade universitária como reitora da UFRB, o que expressa o perfil antidemocrático e autoritário deste governo, e seu total descompromisso com o bom funcionamento da universidade pública.

Esta ação só reforça a nossa posição contra a Lei nº 9.192/1995, que exige uma lista tríplice, um instrumento que desrespeita a posição política da comunidade universitária. O nosso compromisso com a democracia também passa pelo apoio à Professora Georgina, que foi escolhida com grande representação de votos pela comunidade da UFRB.

Não podemos abrir mão de uma universidade pública e democrática! Sofremos um ataque, mas não perdemos a batalha. As forças antidemocráticas não terão vez na nossa universidade. Apontamos a urgência de uma ampla unidade que irá fortalecer a democracia na UFRB, e estamos à disposição para agir com o Prof. Fábio Josué, novo reitor, na linha de reagir aos ataques do governo federal contra as universidades públicas, e em defesa da UFRB.

Cruz das Almas, 02 de agosto de 2019.

Direção da APUR