NOTA DE PESAR

NOTA DE PESAR

A Associação dos Professores Universitários do Recôncavo (APUR) expressa sua tristeza e pesar pela partida do companheiro Antonio Eduardo Alves de Oliveira, Eduardinho, Dudu, que integra a história desta entidade como militante ativo das nossas pautas, das lutas e das negociações.

Por sua habilidade, capacidade, espírito solidário e incansável atividade política, Eduardo é parte de nossa história e se inscreve em momentos de construção coletiva, para sempre parte de nossas memórias.

Foi presidente da APUR de 2015 a 2016, importante representante nas greves de 2012 e 2015, deixando marcas produtivas na defesa da educação pública e gratuita, da autonomia universitária e na incontestável energia no combate às desigualdades sociais e políticas da Bahia e do país. Por sua inteligência e companheirismo, Eduardo fez inúmeros amigos e aliados, entre docentes, discentes e servidores técnicos da UFRB.

Estrela vermelha no céu sombrio dos governos fascistas, Dudu escarificou frases de esperança, de perseverança e de permanência ao lado de trabalhadores, de trabalhadoras e de populações minoritárias do Recôncavo, não deixando a nenhum de nós dúvidas sobre a necessidade de permanecer e insistir na construção de uma sociedade sem opressões.

Aprendemos muito com Eduardo. A nós, resta sua eterna presença e inconteste energia abastecendo nossa força, avermelhando nossa alma, apertando nossas mãos com solidariedade e fazendo-nos ainda mais certos de que sua passagem por aqui valeu muito a pena para nós. Nosso carinho à sua família e amigos. A APUR segue com seu exemplo.

Avante! Eduardo, presente!