dezembro 11, 2019

NOTA DE REPÚDIO

A direção da APUR vem a público repudiar as atitudes racistas e de desacato sofridas pela professora Isabel Cristina Ferreira dos Reis, em Cachoeira, no dia 9 de dezembro, durante sua aula, no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) da UFRB.

Destacamos que não aceitamos e não aceitaremos nenhuma conduta racista, ou que promova o ódio e o desrespeito relacionado a qualquer tipo de preconceito. Não é admissível, em especial na universidade pública, qualquer tipo de ação que afronte os direitos humanos e democráticos. Salientamos ainda que o fato expressa-se também como desacato ao servidor público no exercício de suas funções.

Nós, da direção da APUR, reconhecemos que em situações como essas a solidariedade com a professora, mulher negra, não deve se restringir apenas às formalidades, por isso colocamos à disposição toda nossa estrutura jurídica e institucional para que as medidas cabíveis sejam adotadas, a fim de que sejam devidamente apurados os delitos e responsabilidades do estudante que atentou contra a dignidade e o respeito da professora, principalmente no seu local de trabalho.

Aproveitamos para nos colocar à disposição de todas as professoras e professores que estejam sofrendo qualquer tipo de ameaça ou desrespeito, principalmente de injúria racial, no âmbito da UFRB.

Cruz das Almas – BA, 10, de dezembro de 2019.
Diretoria da APUR