fevereiro 23, 2019

TOTAL RESPEITO À CONSULTA À COMUNIDADE PARA ESCOLHA DOS/AS DIRIGENTES DA UFRB

Todos/as às urnas nos dias 25 e 26 de fevereiro para indicar a nova reitoria da UFRB  

A comunidade acadêmica da UFRB, pela terceira vez, se unifica para organizar a consulta para indicação de Reitor/a e Vice-Reitor/a da universidade, por meio de suas organizações (ASSUFBA, Conselho de Entidades de Base Estudantil e APUR), e a partir das deliberações de suas respectivas instâncias.

História de Resistência Democrática e Defesa da Autonomia Universitária

As consultas à comunidade para escolha dos dirigentes máximos da UFRB é resultado das mobilizações e lutas nacionais iniciadas nos anos de 1980 e 1990, contra as listas sêxtuplas nos conselhos universitários e contra a ingerência dos governos nas escolhas dos dirigentes das instituições federais de ensino superior; uma ampla luta contra o “entulho da ditadura” do qual faz parte o processo legal e antidemocrático de escolhas de dirigentes das universidades federais ainda hoje.

A escolha de dirigentes nas universidades, mesmo após o fim do período da ditadura militar, mantém uma série de restrições formais à participação cabal da totalidade da comunidade acadêmica. Os governos pós-transição democrática não construíram uma legislação plenamente democrática.

No atual contexto, em que setores conservadores estabelecidos no Palácio do Planalto querem fazer retroceder os direitos sociais, econômicos  e democráticos do povo brasileiro, a universidade pública, em particular a UFRB, encontra-se ameaçada. A defesa da UFRB passa pela luta por sua autonomia, que nesse momento também significa garantir o direito democrático e que a comunidade universitária possa, livremente, votar e escolher o seu/sua Reitor/a e Vice-reitor/a.

Nenhum passo atrás, quem vai escolher é a comunidade

Na quinta-feira (21), encerramos a série de debates entre as duas candidaturas que se dispuseram a apresentar suas propostas à comunidade universitária. Percorremos todos os Campi da UFRB com grande mobilização e participação de todas as categorias.

Agora chegou a hora de irmos às urnas, fazer valer a escolha democrática dos dirigentes máximos de nossa instituição. Nesta segunda e terça, 25 e 26 de fevereiro de 2019, todos os membros das três categorias que compõem a UFRB poderão, democraticamente e livremente, se manifestar politicamente por meio do voto individual, com paridade entre as categorias acadêmicas, e indicar por meio da consulta o/a Reitor/a e Vice-Reitor da UFRB para a gestão 2019-2023.

O resultado das consultas promovidas pelas representações tem que ser respeitado, trata-se da escolha livre e democrática da comunidade universitária da UFRB, não comungaremos com nenhuma iniciativa que defenda os retrocessos oriundos da ditadura militar e que vise atacar os processos democráticos construídos historicamente na nossa universidade.

A democracia e autonomia universitária são conquistas e não vamos abrir mão da luta pela nomeação dos dirigentes escolhidos por consulta à comunidade da UFRB.

Cruz das Almas, 22 de fevereiro de 2019.

Direção da APUR.

GALERIA DE FOTOS