É INACEITÁVEL O SAQUE QUE O GOVERNO BOLSONARO FEZ NAS CONTAS DO MEC E DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO

É INACEITÁVEL O SAQUE QUE O GOVERNO BOLSONARO FEZ NAS CONTAS DO MEC E DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO

Nem no final do seu governo Bolsonaro deu trégua, e fez maldade ainda maior com a Educação Pública. Pois não bastassem os cortes e bloqueios que já eram práticas rotineiras, agora resolveu saquear as contas do MEC, zerando o limite de pagamentos do Ministério, aplicando assim um grande calote nas Instituições Federais de Ensino.

Esta ação irresponsável é o maior calote que as Instituições Federais de Ensino já tomaram e o impacto é brutal, uma vez que paralisa toda e qualquer transação financeira já empenhada para execução neste mês. Os prejuízos são vários, como o não pagamento de bolsas e auxílios estudantis e fatura de prestadores de serviço, situação que inviabiliza o funcionamento das instituições de ensino.

Na UFRB a situação é dramática, dos mais de R$ 2 milhões bloqueados, parte significativa é para o pagamento de bolsas e auxílios à comunidade estudantil, prejudicando a vida dos estudantes na reta final do ano. Essa situação gravíssima também atinge as bolsas pagas pela CAPES, o que afeta estudantes de programas como o PIBID e a Residência Pedagógica e também alunos de pós-graduação.

Diante dessa perversidade do Governo Bolsonaro, derrotado nas urnas, só nos resta a luta urgente para a reversão imediata deste calote. Já estamos em contato com o ANDES- SN e com os demais sindicatos da educação para agirmos junto ao parlamento para pressionar pela reversão deste corte absurdo.

Entendemos que é preciso envidar todos os esforços nessa luta prioritária deste final de 2022. Assim, pedimos a todos/as os/as colegas que se envolvam na organização de ações e mobilizações nas cidades onde atuam. A APUR apoiará os atos e atividades chamadas pelas organizações estudantis e demais sindicatos da educação. E para fortalecer nossa unidade no combate contra o desmantelamento da Educação Pública, reforçamos a importância da presença de todos/as na nossa assembleia que acontecerá na próxima segunda-feira, dia 12/12, às 14 horas, pela plataforma Zoom (https://us02web.zoom.us/j/81310981651?pwd=TFczTnhVQUErUDlDeWc5YlV5ZlNjUT09).

Quem tem sindicato nunca está só.

Reversão dos cortes já!

Cruz das Almas, 7 de dezembro de 2022.

Direção da APUR